Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Quebra das vendas em Portugal e no exterior penalizam volume de negócios na indústria

O índice que mede o volume de negócios na indústria desceu 3,8% em Abril face ao mês anterior, e 4,6% em relação a Abril de 2015.

Paulo Duarte
Rita Faria afaria@negocios.pt 08 de Junho de 2016 às 11:38
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O volume de negócios na indústria portuguesa desceu, em Abril, depois de dois meses consecutivas de ganhos, penalizado pela quebra das vendas tanto no mercado nacional como no mercado externo.

Segundo os dados divulgados esta quarta-feira, 8 de Junho, pelo Instituto Nacional de Estatística, o índice que mede o volume de negócios na indústria desceu 3,8% em Abril face ao mês anterior. Em termos homólogos, completou o sétimo mês consecutivo de perdas, descendo 4,6% em relação a Abril de 2015.

 

"Este resultado estará influenciado pelo facto de Abril de 2016 ter menos dois e menos um dia útil comparativamente aos meses anterior e homólogo, respectivamente", justifica o INE.

 

O principal contributo para a variação do índice total foi dado pelo agrupamento de Energia, que desceu 10,2%, em termos homólogos e 4,2% face ao mês anterior.

 

Os dados do INE mostram que a actividade da indústria foi penalizada pela quebra das vendas em Portugal e lá fora.

 

O índice de vendas na indústria com destino ao mercado nacional passou de um crescimento homólogo de 0,1% em Março, para uma diminuição de 2,8% em Abril, enquanto as vendas com selo internacional caíram 6,9% face ao mesmo mês do ano passado (-6,6% no mês anterior). 

Ver comentários
Saber mais Instituto Nacional de Estatística Portugal economia negócios e finanças indústria volume de negócios
Outras Notícias