Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

"Estamos a fazer tudo para que não haja despedimento colectivo na empresa"

"A redução de custos tem sido brutal" na Mota-Engil, diz Jorge Coelho. Veja aqui o vídeo.

  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
"Estamos a reduzir custos sem fazer qualquer despedimento colectivo", afirmou o CEO da Mota-Engil que está a participar na Hora H, acrescentando que o grupo tem procurado colocar os seus quadros em Portugal nas operações internacionais, que já representam 70% do volume de negócios da área da construtora. De acordo com Jorge Coelho, ainda agora, para a obra que o grupo tem no Palaui para a Vale do Rio Doce, "estamos a colocar 300 portugueses".

Como garantiu Jorge Coelho, "estamos a fazer tudo para que não haja despedimento colectivo na empresa".

"Na empresa, a administração viaja em económica, baixámos os níveis dos carros, poupámos milhões por ano com renegociações de contratos".

Jorge Coelho adiantou ainda que o grupo está neste momento a renovar até 2015 o seu plano estratégico, o qual acrescentará aos actuais vestores da diversificação, internacional e recursos humanos o vector financeiro.

O CEO da Mota-Engil explicou ainda que o grupo está a estudar a criação de holdings fora de Portugal, por causa da questão financeira. "É impensável financiar operações no exterior com banca nacional", afirmou.


Ver comentários
Saber mais jorge coelho
Mais lidas
Outras Notícias