Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

"Privatização da TAP deve ter em conta os interesses do turismo"

A privatização da TAP deve ter em conta os interesses do turismo, defendeu a Associação Portuguesa das Agências de Viagens.

Ana Torres Pereira atp@negocios.pt 16 de Maio de 2011 às 10:57
  • Partilhar artigo
  • ...
Num comunicado que fez chegar às redacções, a APAVT defendeu que a decisão de privatizar a companhia aérea de bandeira “só peca por tardia”.

A associação que representa as Agências de Viagens alertou que o processo de venda da companhia aérea deverá ser “conduzido de forma a proteger os interesses deste sector (turismo) estratégico para a retoma e desenvolvimento da economia portuguesa”.

A APAVT espera vir a ser ouvida no processo de privatização da TAP “estando também certos que qualquer governo que seja constituído após as próximas eleições venha a considerar esta matéria como prioritária e fundamental”.

E a associação continuou dizendo que a TAP tem um papel importante para o turismo em Portugal e “é pois fundamental que a privatização seja feita em moldes que assegurem que o adquirente da empresa garanta, durante um período de tempo alargado, a manutenção de rotas estratégicas para o Turismo e do actual hub no aeroporto da Portela, a fim de se evitar o agravamento da situação periférica de Portugal no contexto europeu”.

“É nossa convicção que os potenciais investidores nacionais estejam particularmente atentos a este processo, considerando a empresa como um dos actores prioritários para o desenvolvimento do sector do turismo nacional”, concluiu a mesma fonte.

O processo de avaliação da TAP já está em curso e quer PS, quer PSD já manifestaram a sua vontade de avançar com a privatização da companhia aérea.
Ver comentários
Saber mais TAP privatizações turismo
Outras Notícias