Banca & Finanças Rácios de malparado melhoram mas trabalho continua
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Rácios de malparado melhoram mas trabalho continua

A plataforma de gestão de malparado pretende ajudar à aceleração no corte dos activos não rentáveis, como o malparado. O Novo Banco tem o rácio mais grave.
Rácios de malparado melhoram mas trabalho continua
Jorge Paula/Correio da Manhã
Diogo Cavaleiro 21 de novembro de 2017 às 23:16

O crédito malparado representava, no final de Setembro, 31,5% de toda a carteira de crédito do Novo Banco, o que significa uma diminuição face à proporção de 34,3% um ano antes.

)

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 22:00
Saiba mais
pub