Construção Reabilitação urbana cresce 30% no final de 2015

Reabilitação urbana cresce 30% no final de 2015

O barómetro da AICCOPN aponta para um crescimento de quase 9% na carteira de encomendas em Dezembro do ano passado e para a melhoria da produção contratada para quase oito meses.
Reabilitação urbana cresce 30% no final de 2015
Konstantinos Tsakalidis/Bloomberg
Negócios 03 de fevereiro de 2016 às 15:54

O nível de actividade do mercado da reabilitação urbana terminou 2015 com um crescimento de 29,9%, revelou esta quarta-feira, 3 de Fevereiro, a Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN).


De acordo com o inquérito à reabilitação urbana realizado por esta entidade, o crescimento reportado em Dezembro foi acompanhado por um aumento de 8,8% da respectiva carteira de encomendas.


Segundo a AICCOPN, "esta melhoria geral da actividade na reabilitação urbana tem vindo a ser acompanhada por um aumento progressivo da produção contratada em meses, a qual corresponde ao tempo assegurado de laboração, considerado um ritmo normal de produção.


Este indicador, refere ainda a associação, situa-se actualmente nos 7,7 meses, o que corresponde a uma melhoria de 2,1 meses face ao observador em Dezembro de 2014.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI