Desporto Real Madrid destrona Manchester United no campeonato das marcas mais valiosas

Real Madrid destrona Manchester United no campeonato das marcas mais valiosas

O Real Madrid soma pontos também fora do campo: em 2019, a Brand Finance aponta o clube madrileno como a marca de futebol mais valiosa e também a mais forte de 2019.
reuters reuters reuters reuters reuters EPA Action Images reuters Action Images EPA Peter Spark /Movephoto
Ana Batalha Oliveira 16 de maio de 2019 às 10:29

O Real Madrid afirma-se no primeiro lugar da tabela das marcas mais valiosas, com uma avaliação de 1,646 mil milhões de euros, de acordo com a Brand Finance. Esta vitória significa que o inglês Manchester United desce um lugar na classificação.

O Real Madrid volta à ribalta no ranking da Brand Finance depois de quase dez anos afastado do lugar cimeiro – ocupou-o pela última vez em 2010. Entre o ano passado e o presente, a valor da marca cresceu 27%, um valor muito influenciado pela quarta vitória na Liga dos Campeões da UEFA.

O Real Madrid foi ainda o primeiro clube a quebrar a barreira dos 750 milhões de euros em receitas, uma conquista que data da época de 2017/2018, e a qual foi grandemente impulsionada pelos proveitos de 356 milhões de euros. Os ganhos com a atividade comercial pesaram cerca de 50% das receitas.  

"O clube mais bem-sucedido na história do futebol europeu está finalmente a colher décadas de um espetacular desempenho dentro e fora do campo", comentou Bryn Anderson, diretor da Brand Finance, no estudo publicado esta quinta-feira, 16 de maio.

O Manchester United perde não só o primeiro lugar como também 5,8% do valor, ficando-se pelos 1,472 mil milhões de euros. O também espanhol Futebol Clube de Barcelona mantém-se firme no último lugar do pódio. Apesar do domínio espanhol nos lugares cimeiros, os ingleses inundam o top 10, com seis comparências: Manchester City fica no quinto lugar, o Liverpool em sexto, o Chelsea em sétimo, o Arsenal em nono e finalmente o Tottenham, no décimo lugar.

Fora de Espanha e Inglaterra, os únicos clubes a marcar presença na lista das dez mais valiosas são o alemão Bayern de Munique, que segura o quarto lugar com uma avaliação de 1,314 mil milhões de euros e o francês Paris Saint Germain, que subiu do nono para o oitavo lugar com uma valorização de 21,3% para os 914 milhões.

Premier League ainda é número 1

A prevalência de clubes ingleses ao longo do ranking dita que Inglaterra amealhe 42,7% do valor de marcas futebolísticas a nível global: um total de 8,684 mil milhões de euros que mantém a Premier League como líder entre as ligas mais valiosas. Segue-se Espanha, que colhe 3,998 mil milhões de euros com a La Liga – quase 20% do total – e a Alemanha,  com 3,815 mil milhões correspondentes à Bundesliga. Itália vem em quarto ao somar pouco mais de 2 mil milhões com a Série A. França fecha o top 5 ao colher 1,242 mil milhões com a Ligue 1.  

 

Real ainda arrecada outras distinções


Para além de marca mais valiosa, o Real Madrid conquista ainda o título de marca mais forte e, desta feita, vence o "derby" com o Futebol Clube de Barcelona, que desce  ao segundo lugar desta tabela. Nesta rubrica, o clube madrileno pontua 95,5 em 100, ultrapassando por uma pequena margem o rival catalão, que soma 95,4 pontos.

(Notícia atualizada às 10:57)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI