Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Receitas da Sonae Distribuição no Brasil aumentaram 15% em 2004

A facturação da Sonae Distribuição Brasil aumentou 15% em 2004 para 4,35 mil milhões de reais (1,23 mil milhões de euros), face a 2003, segundo noticiou hoje o jornal «Gazeta Mercantil», citado pela Lusa.

Negócios negocios@negocios.pt 10 de Janeiro de 2005 às 14:34
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A facturação da Sonae Distribuição Brasil aumentou 15% em 2004 para 4,35 mil milhões de reais (1,23 mil milhões de euros), face a 2003, segundo noticiou hoje o jornal «Gazeta Mercantil», citado pela Lusa.

A projecção para 2005 do grupo português, actualmente a terceira maior rede de supermercados no país, é de aumento de 10% na facturação para 4,8 mil milhões de reais (1,36 mil milhões de euros), em relação a 2004.

«Estamos a apostar num bom retorno dos investimentos na região Sul do Brasil, nomeadamente em Santa Catarina, estado em que o crescimento se tem destacado», disse o presidente da Sonae Distribuição, Sérgio Maia.

O executivo avançou igualmente que a empresa pretende investir no Brasil cerca de 160 milhões de reais (45,3 milhões de euros) em 2005, um aumento de 14,2% em relação a 2004.

«Vamos concentrar-nos na região Sul. Serão cinco novos hipermercados e dois supermercados», afirmou Sérgio Maia, em declarações ao jornal «Gazeta Mercantil».

No Brasil desde o final da década de 80, a Sonae Distribuição detém cerca de 150 lojas nos Estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. O grupo português controla as redes de supermercados Mercadorama, Nacional, Cândia, Maxxi Atacado e BIG.

Ver comentários
Outras Notícias