A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Reditus aumenta lucros de 2007 em 58%

A Reditus anunciou hoje que os resultados líquidos de 2007 aumentaram 58% para 452 mil euros, um aumento que a empresa justifica com a melhoria do desempenho operacional. O EBITDA subiu 47,7% e o os proveitos operacionais subiram 16%.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 26 de Fevereiro de 2008 às 17:02
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Reditus anunciou hoje que os resultados líquidos de 2007 aumentaram 58% para 452 mil euros, um aumento que a empresa justifica com a melhoria do desempenho operacional. O EBITDA subiu 47,7% e o os proveitos operacionais subiram 16%.

Num comunicado a Reditus refere que os proveitos operacionais cresceram 48% para 4,2 milhões de euros "reflectindo o desempenho positivo tanto da área de Outsourcing de Serviços como da área de Sistemas de Engenharia e Mobilidade".

A tecnológica adianta que "o exercício de 2007 ficou marcado pelo reforço da posição do Grupo Reditus no mercado de Outsourcing de Serviços. Nesta área, a Reditus celebrou contratos no montante de 16,9 milhões, dos quais 25% correspondem a contratos com novos clientes e 62% são novos contratos em clientes existentes, o que

demonstra claramente o esforço realizado em diversificar a carteira de clientes e em multiplicar o número de produtos/serviços contratados por cada cliente".

O EBITDA consolidado atingiu 4,2 milhões de euros em 2007, mais 47,7% face aos

2,9 milhões de euros registados em 2006, com a margem EBITDA a subir para 13,1%.

O "outsourcing" pesou 83% do EBITDA e 80% do volume de negócios.

No final de 2007, a dívida bancária líquida da Reditus totalizava 14,2 milhões de euros, um aumento de 2,8 milhões de euros face ao montante registado em 2006. O investimento totalizou 2,4 milhões de euros.

Quanto às perspectivas futuras, a Reditus diz que pretende crescer em 2008, organicamente e através de aquisições.

A empresa pretende concretizar a "politica activa de aquisições que reforcem a cadeia de valor e a oferta de serviços" e também "apostar noutro sector para além da Banca, Seguros e Telecomunicações".

No que diz respeito a aquisições, a empresa lembra que estão a decorrer negociações com vista à aquisição da Tecnidata.

Mais lidas
Outras Notícias