Empresas Refugiados: Grécia recebe mais 12,7 milhões para infraestruturas de recepção

Refugiados: Grécia recebe mais 12,7 milhões para infraestruturas de recepção

A Grécia vai receber 12,7 milhões de euros em fundos de emergência da União Europeia para investir em infraestruturas de recepção a migrantes e refugiados, anunciou a Comissão Europeia.
Refugiados: Grécia recebe mais 12,7 milhões para infraestruturas de recepção
Reuters
Negócios com Lusa 21 de abril de 2016 às 14:05

Vão entrar quase 13 milhões de euros nos cofres de Atenas no âmbito dos fundos de emergênciapara refugiados. De acordo com a Lusa, citando a Comissão Europeia, o montante é proveniente do Fundo de Asilo, Migração e Integração, e vai permitir criar, pelo menos oito mil novos lugares para migrantes, com a instalação de casas prefabricadas de alojamento temporário.

 

O comissário europeu para as migrações, Dimitris Avramopoulos, comentou que estes fundos são "mais um sinal da solidariedade e do forte apoio da União Europeia aos esforços da Grécia para gerir o fluxo de migrantes, sem precedentes, que chega ao país".

 

Os fundos vão ajudar a Grécia a concretizar o objectivo de aumentar a capacidade de recepção até 50 mil lugares, como acordado na reunião entre líderes de países dos Balcãs, em Outubro do ano passado.

 

Em 2015, a Comissão atribuiu 146 milhões de euros em ajuda de emergência para a Grécia.

 

Os últimos números das Nações Unidas indicaram que 80.000 migrantes chegaram à Europa desde o início do ano através do Mediterrâneo e 400 morreram na travessia.

 

Em seis semanas registaram-se mais chegadas que nos primeiros quatro meses de 2015 e 58% dos que chegaram, este ano, são mulheres e crianças. Mas os números não ficam por aqui. Um de cada três migrantes chegados em 2016 à Grécia foram crianças, quando em Setembro de 2015 eram uma em cada dez pessoas.

 

A Alemanha e a Suécia são os dois principais receptores de migrantes e a Itália, mas sobretudo a Grécia, são os locais de desembarque.

 

A Comissão Europeia destinou ainda mais 10 milhões de euros para a Macedónia, com o objetivo de melhorar as fronteiras e a gestão de fronteiras.

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI