Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Regulador paralisa processo de restruturação do BES em Espanha

A CNMV, entidade que regula o mercado de capitais em Espanha, decidiu paralisar o processo de restruturação do BES em Espanha, solicitando à instituição financeira nacional que reforce os fundos próprios depois dos prejuízos registados em 2002.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 17 de Fevereiro de 2003 às 11:52
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A CNMV, entidade que regula o mercado de capitais em Espanha, decidiu paralisar o processo de restruturação do Banco Espírito Santo em Espanha, solicitando à instituição financeira nacional que reforce os fundos próprios depois dos prejuízos registados em 2002.

Segundo o «site» espanhol Invertia, que cita fontes próximas da entidade, o BES quer juntar o negócio de particulares e institucionais, integrando os 17 estabelecimento do Benito y Monjardín na rede do BES em Espanha.

A CNMV decidiu cancelar a transferencia prevista dos clientes particulares do Benito y Monjardín para o BES, que tinha como objectivo focalizar a corretora Benito nos clientes institucionais.

Segundo o «Invertia» a decisão da CNMV deve-se aos prejuízos de 8,6 milhões de euros registados pela Benito y Monjardín em 2002, valor que representa 38% dos fundos próprios da instituição.

Citando outras fontes o mesmo «site» refere que o BES [BESNN] poderá mesmo estar a preparar a venda da corretora, dois anos depois de a ter comprado ao grupo Benito y Monjardin por 96 milhões de euros.

O plano de reestruturação do BES em Espnha prevê ainda a supressão de entre 70 a 100 postos de trabalho.

O BES seguia a descer 0,33% para os 12,21 euros.

Outras Notícias