Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Reguladores preparam implementação de novas normas de contabilidade

O Comité Europeu das Autoridades de Regulamentação dos Mercados Europeus de Valores Mobiliários (CESR), organização em que Portugal é representado pela CMVM, publicou hoje uma recomendação que visa preparar a implementação, pelas empresas cotadas, das nor

Negócios negocios@negocios.pt 30 de Dezembro de 2003 às 17:25
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O Comité Europeu das Autoridades de Regulamentação dos Mercados Europeus de Valores Mobiliários (CESR), organização em que Portugal é representado pela CMVM, publicou hoje uma recomendação que visa preparar a implementação, pelas empresas cotadas, das normas internacionais de contabilidade (IFRS/IAS).

Por forma a dotar os investidores de informação sobre o impacto potencial da adopção dos IFRS/IAS, os reguladores europeus propõem que as empresas cotadas incluam no relatório e contas relativo a 2003 uma descrição de como tencionam efectuar a transição para as novas normas contabilísticas, explica um comunicado enviado pela CMVM.

As empresas são também encorajadas a fornecer, no final de 2004, elementos quantitativos sobre o impacto das novas normas na informação financeira desse ano.

Esta recomendação foi submetida a consulta pública entre os dias 7 de Outubro e 20 de Novembro, tendo os comentários recebidos sido agrupados num relatório também publicado hoje pelo CESR.

”Com o objectivo de facilitar a comparação das contas semestrais e anuais de 2005 com períodos equivalentes anteriores, assegurando que os investidores podem interpretar, de modo eficaz, o desenvolvimento da situação financeira da empresa, os membros do CESR propõem que a informação seja prestada e reformulada de acordo com os IFRS/IAS, usando as mesmas regras que forem aplicadas ao mesmo período em 2005.

Esta organização avança um modelo de apresentação que facilita o entendimento das diferenças entre as contas preparadas de acordo com os IFRS/IAS e as contas elaboradas com base noutras normas.

Tendo em conta que a transição, em 2005, para as normas internacionais de contabilidade, constitui um importante desafio para as cerca de 7000 empresas cotadas nos mercados europeus, o CESR pretende antecipar este desafio, propondo que estas empresas comecem, já em 2004, a prestar informação sobre o impacto desta alteração.

”Desta forma, o CESR procura fazer convergir o interesse dos emitentes de valores mobiliários cotados e o dos investidores”, afirma o comunicado, acrescentando que “as empresas poderão adoptar um processo de transição faseado, permitindo-lhes uma melhor percepção das consequências financeiras e planear a implementação das novas normas”.

A Comissão Europeia, através do Regulamento nº 1606/2002, publicado em Julho 2002, tornou obrigatória a adopção, por todos os emitentes de valores mobiliários cotados, das normas internacionais de contabilidade (IFRS/IAS) na informação financeira consolidada prestada a partir de 2005.

Outras Notícias