Energia REN propõe corte de 30% no investimento na rede de transporte de electricidade

REN propõe corte de 30% no investimento na rede de transporte de electricidade

A REN apresentou uma proposta para os investimentos na rede de transporte de electricidade para os próximos anos, prevendo um corte de 30% do investimento face ao plano anterior.
REN propõe corte de 30% no investimento na rede de transporte de electricidade
Bloomberg
Negócios 15 de fevereiro de 2018 às 19:27

A REN apresentou uma proposta de investimento para o período 2018-2027, verificando-se "uma redução de cerca de 30% no valor total de transferências para exploração", revela a ERSE no documento que se encontra em consulta pública. A notícia foi inicialmente avançada pelo jornal Expresso.

  

As transferências para exploração deverão assim passar de 600 milhões de euros para os 400 milhões.

 

A ERSE realça que, no primeiro triénio deste plano, o investimento proposto será de 250 milhões de euros, quando no plano anterior era de 380 milhões.

 

No plano anterior, e que visava o período 2016-2025, o investimento total estipulado era de 1.165 milhões de euros.

 

"Em termos de restante conteúdo, foram introduzidas na proposta agora em análise um conjunto de alterações que reflectem, de um modo geral, as recomendações e os comentários incluídos no Parecer da ERSE" ao anterior plano, adianta a mesma fonte.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado alberto9 16.02.2018

Para que fazer investimento se podem ficar com o dinheiro todo e ainda podem fazer creditos e levar o dinheiro para casa. Qunado a empresa estiver falida entregam ao estado que este paga os prejuisos se quiser continuar a ter electricidade. Estes serviços nunca deveriam ser privados

comentários mais recentes
alberto9 16.02.2018

Para que fazer investimento se podem ficar com o dinheiro todo e ainda podem fazer creditos e levar o dinheiro para casa. Qunado a empresa estiver falida entregam ao estado que este paga os prejuisos se quiser continuar a ter electricidade. Estes serviços nunca deveriam ser privados

AA 15.02.2018

CLARO, FOI PARA ISTO QUE A ENTREGARAM AOS BOTTONS E OUTROS CORRUPTOS.

Saber mais e Alertas
pub