Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

REN aumenta dividendo para 16,5 cêntimos apesar de queda nos lucros

O Conselho de Administração da REN vai propor em assembleia geral o pagamento de um dividendo de 16,5 cêntimos por acção, o que representa uma subida ligeira de 1,2% face à remuneração do exercício anterior, apesar de os lucros terem recuado. A empresa liderada por José Penedos vai entregar aos accionistas 69% dos lucros obtidos.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 14 de Março de 2009 às 20:23
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
O Conselho de Administração da REN vai propor em assembleia geral o pagamento de um dividendo de 16,5 cêntimos por acção, o que representa uma subida ligeira de 1,2% face à remuneração do exercício anterior, apesar de os lucros terem recuado.

A empresa liderada por José Penedos vai entregar aos accionistas 69% dos lucros obtidos. Segundo a proposta da empresa à levar à AG, a administração da companhia prevê que sejam distribuídos aos accionistas 88,11 milhões de euros, o que equivale à distribuição de um dividendo bruto por acção de 16,5 cêntimos.

Este valor compara com os 16,3 cêntimos pagos no ano passado. Na apresentação dos resultados de 2008, José Penedos tinha já adiantado que o dividendo ia aumentar de forma ligeira. No ano passado a REN distribuiu 87,4 milhões de euros aos accionistas, o que correspondeu a 59,9% dos lucros.

O “payout” de 2008 sobe para 69,1%. Tendo em conta a cotação de fecho de sexta-feira, o dividendo da REN corresponde a uma rentabilidade de 5,29%, uma das mais elevadas entre as cotadas portuguesas.

No relatório de governo societário de 2008, a empresa afirma que “embora a REN não tenha razões para crer que venha a existir uma alteração significativa da tendência dos últimos exercícios, a intenção é a de manter um dividendo atraente, que se situe dentro do intervalo dos seus pares”.
Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias