Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

REN pede anulação da sentença no conflito com a Amorim Energia

A REN recorreu da decisão da Câmara de Comércio Internacional que a condenou em Março a pagar 20,3 milhões de euros à Amorim Energia relativos a dividendos da Galp de 2005.

Miguel Prado miguelprado@negocios.pt 22 de Julho de 2010 às 00:01
A REN - Redes Energéticas Nacionais não se deu por vencida e recorreu da decisão do tribunal arbitral de Paris que a condenou a pagar 20,3 milhões de euros à Amorim Energia, num litígio relacionado com dividendos da Galp Energia.

O presidente da empresa, Rui Cartaxo (na foto), revelou ao Negócios que "a REN já suscitou há dias, em França, a anulação da sentença".



Em Março, a REN foi condenada pelo tribunal arbitral a pagar metade da verba exigida pela Amorim Energia, num processo que se arrasta desde 2006. Em causa está a distribuição de dividendos da Galp relativos ao exercício de 2005. A reestruturação accionista na petrolífera portuguesa levou a REN a vender à Amorim Energia os seus 18,3% na Galp, em Dezembro de 2005. Depois, a empresa de Américo Amorim veio reclamar o direito aos dividendos de 2005 relativos a essa posição, algo com que a REN não concordou.









logo_empresas

Ver comentários
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio