Empresas Restrições à mobilidade ditam prejuízos de 11,5 milhões à IP
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Restrições à mobilidade ditam prejuízos de 11,5 milhões à IP

A contribuição do serviço rodoviário, principal receita da IP que incide sobre gasolina, gasóleo e GPL, diminuiu 12 milhões até março. Nas redes ferroviária e rodoviária o investimento limitou-se a 36% do previsto.
Restrições à mobilidade ditam prejuízos de 11,5 milhões à IP
A IP, liderada por António Laranjo, pagou 405,2 milhões até março às concessões e subconcessões.
Pedro Catarino
Maria João Babo 03 de junho de 2020 às 22:51

A Infraestruturas de Portugal (IP) registou no primeiro trimestre deste ano um resultado líquido negativo de 11,5 milhões de euros, o que representa menos 31,7 milhões face ao mesmo período de 2019, quando apresentou lucros

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI