Empresas Resultado líquido da Euronext aumentou 22,5% no ano passado

Resultado líquido da Euronext aumentou 22,5% no ano passado

As receitas da Euronext subiram 7,2% no ano passado para 532,3 milhões de euros. Já o resultado líquido do grupo que agrega várias praças europeias cresceu 22,5% para 241,3 milhões de euros.
Resultado líquido da Euronext aumentou 22,5% no ano passado
Miguel Baltazar/Negócios
Negócios 19 de fevereiro de 2018 às 08:24

Os resultados da Euronext, grupo que detém várias bolsas europeias, subiram no ano passado. O resultado líquido (Net income, share of the Group) subiu no ano passado 22,5% face a 2016 para 241,3 milhões de euros, algo que, de acordo com o comunicado presente no site da CMVM, deve-se ao bom desempenho operacional, aos ganhos de capital e impostos não recorrentes no último trimestre do ano passado.

As receitas da empresa aumentaram 7,2% para 532,3 milhões de euros. O EBITDA (Lucros antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) expandiu 4,9% para 297,8 milhões de euros. A margem de EBITDA diminui 1,2 pontos para 55,9%.

Stéphane Boujnah, CEO da Euronext, sublinhou em comunicado que "2017 foi um ano forte com etapas fundamentais a serem alcançadas pela Euronext". Boujnah defende ainda que os "fortes resultados" divulgados esta manhã "mostram um portefólio de crescimento e fortalecimento e uma Euronext profundamente transformada".

"A nossa confiança é forte para os próximos dois anos. As receitas do negócio principal devem crescer em linha com as previsões e vai continuar a disciplina de controlo de custos para assegurar que uma margem de EBITDA entre 61% e 63% é alcançada em 2019, excluindo ‘clearing activities’", acrescentou.