Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Resultados líquidos da Corticeira Amorim sobem 438% em 2003

Os resultados líquidos da Corticeira Amorim mais que quadruplicaram, em 2003, atingindo os 8,1 milhões de euros. As unidades de negócio de matérias-primas, rolhas e aglomerados técnicos contribuíram de forma positiva para o resultado, diz a empresa em com

Maria João Soares mjsoares@negocios.pt 12 de Março de 2004 às 18:05
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Os resultados líquidos da Corticeira Amorim mais que quadruplicaram, em 2003, atingindo os 8,1 milhões de euros. As unidades de negócio de matérias-primas, rolhas e aglomerados técnicos contribuíram de forma positiva para o resultado, diz a empresa em comunicado.

A contribuir negativamente esteve a unidade de negócio da cortiça com borracha.

As vendas caíram 3,1% para 427,5 milhões de euros, devido «ao impacto desfavorável do dólar». O EBITDA subiu 12% para os 51,6 milhões de euros, a margem de EBITDA sobre as vendas melhorou de 10,5%, em 2002, para 12,1% o ano passado.

«Não obstante em muitos dos mercados importantes da Corticeira Amorim [COR], a conjuntura económica se ter mostrado ainda débil, e o facto de o outro grande mercado, os EUA, ter sido afectado pela desvalorização acentuada da respectiva moeda de facturação (USD), a ‘performance’ operacional teve uma evolução bastante significativa», explica a Corticeira Amorim.

O endividamento bancário líquido cresceu 2,1% para 264,6 milhões de euros e os custos operacionais aumentaram 0,5% para 187,3 milhões de euros.

«Face à estratégia de compras de matéria-prima foi interrompida a descida sistemática no endividamento bancário que se vinha observando», acrescenta.

As acções da Corticeira Amorim encerraram a sessão a subir 2,42% para os 1,27 euros.

Outras Notícias