Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Royal Bank of Scotland anuncia maior aumento de capital de sempre na Europa

O Royal Bank of Scotland (RBS), o segundo maior banco do Reino Unido, vai vender 23,7 mil milhões de dólares (14,9 mil milhões de euros) em novas acções aos investidores, para aumentar capital afectado pela amortização de activos relativos à crise do merc

Raquel Godinho rgodinho@negocios.pt 22 de Abril de 2008 às 09:49

O Royal Bank of Scotland (RBS), o segundo maior banco do Reino Unido, vai vender 23,7 mil milhões de dólares (14,9 mil milhões de euros) em novas acções aos investidores, para aumentar capital afectado pela amortização de activos relativos à crise do mercado de crédito imobiliário de alto-risco.

O banco vai oferecer 11 novas acções por cada 18 acções já detidas a 200 pence por acção. De acordo com a agência Reuters, este será o maior aumento de capital europeu de sempre e representa um desconto de 46% face ao preço de fecho da sessão de ontem.

De acordo com um comunicado divulgado hoje, o banco pretende cobrir as perdas estimadas de 7,4 mil milhões de euros no valor de activos e melhorar o seu balanço financeiro. Para além da referida operação, o banco anunciou também um corte no seu dividendo de 2008.

O banco anunciou recentemente o corte de postos de trabalho e a venda de activos e perdeu mais de um terço do seu valor de mercado desde o início da crise do "subprime" em Agosto.

O Conselho de Administração do banco demonstrou confiança no actual presidente executivo, Fred Goodwin, que tem estado sobre forte pressão por parte dos investidores, adiantando que tem "total confiança de que a equipa executiva será capaz de conduzir o RBS nas actuais desafiantes condições".

A instituição adiantou que o "outlook" continua "inevitavelmente nublado"devido à crise nos mercados financeiros. Simon Maughan, analista da MF Global Securities, citado pela agência Bloomberg referiu que o banco "pagou demais pelas aquisições e tem tido uma fraca base de capital, mas não há nada neste comunicado que confesse que eles fizeram erros significativos nos anos recentes".

O banco anunciou que esperar obter 5,02 mil milhões de euros em "core capital" no final deste ano e pode vender parte do seu negócio de seguros. O segundo maior banco britânico anunciou ainda que pretende manter o "core tier 1" em mais de 6%, o que o pode tornar um dos bancos europeus melhores capitalizados. Este rácio foi de 4,5% no final de 2007, o que constituiu um dos mais baixos da Europa.

Este anúncio não constitui uma surpresa uma vez que o mercado já especulava sobre esta operação nas últimas sessões. Contudo, constitui uma mudança de estratégia do banco que anunciou no início do ano que não precisaria de aumentar capital.

Outras Notícias
Publicidade
C•Studio