Energia Rússia tem 19 milhões de barris de petróleo que ninguém quer comprar

Rússia tem 19 milhões de barris de petróleo que ninguém quer comprar

Um problema no pipeline de Druzhba deixou a Rússia com 19 milhões de barris de petróleo contaminados, que ninguém quer comprar.
A carregar o vídeo ...
Negócios com Reuters 16 de maio de 2019 às 15:30

19 milhões de barris de petróleo têm um valor de mercado de 1,2 mil milhões de dólares. Mas não para todos.

 

Um problema no pipeline de Druzhba deixou a Rússia com 19 milhões de barris de petróleo contaminados com cloreto, que agora ninguém quer comprar.

 

Além de não conseguir vender esta elevada quantidade de matéria-prima, a contaminação está a impedir a exportação de petróleo russo para a Europa através deste pipeline. O problema foi detetado em finais de abril e o ministro da Energia, Alexander Novak, espera ter o assunto resolvido no final deste mês ou início de junho.

 

Novak revelou ainda que limpar o terminal vai custar menos de 100 milhões de dólares e mostrou-se convicto que a Rússia vai conseguir vender esta matéria-prima com desconto.

 

Uma tarefa que, segundo a Reuters, não se adivinha fácil. A agência de notícias assinala que a operação de limpeza do pipeline é uma tarefa complicada. Por cada dia em que o terminal está encerrado, perde 80 milhões de dólares em vendas.




Marketing Automation certified by E-GOI