Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ryanair aumenta lucros e recompra acções

O Brexit continua a ter impacto nas contas da companhia “low cost” irlandesa. Todavia, os lucros aumentaram 7% no primeiro semestre do ano fiscal que terminará em Março de 2017.

Bloomberg
Wilson Ledo wilsonledo@negocios.pt 07 de Novembro de 2016 às 09:38
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A companhia "low cost" Ryanair viu os seus lucros subir 7% no segundo semestre do seu ano fiscal. Entre Abril e Setembro, a transportadora irlandesa fechou o indicador nos 1,17 mil milhões de euros.

A Ryanair reforça o seu objectivo de transportar 118 milhões de passageiros até Março, tendo já vendido 65 milhões desse total na primeira metade do ano fiscal. A meta é de estar nos 200 milhões de passageiros anuais até Março de 2024.


A companhia liderada por Michael O’Leary já tinha reduzido a sua perspectiva de lucro neste ano fiscal em 5%, ficando-se entre os 1,3 e os 1,35 milhões de euros. O valor ficará, ainda assim, acima dos 1,2 mil milhões registados em termos homólogos.


A Ryanair lançou, até Fevereiro de 2017, um programa de recompra de acções para mitigar os efeitos do Brexit – processo de saída do Reino Unido da União Europeia – e assim alavancar a confiança dos investidores. O programa poderá chegar aos 550 milhões de euros.


Na última semana, a transportadora irlandesa anunciou a abertura de uma nova base em Frankfurt, Alemanha.

Ver comentários
Saber mais Ryanair Michael O’Leary Frankfurt economia negócios e finanças economia (geral) economia (geral) aviação avião
Outras Notícias