Tecnologias S9 vs iPhone X: o que os distingue?

S9 vs iPhone X: o que os distingue?

Quando revelou o substituto do Windows 8, a Microsoft saltou o número 9 e foi directo ao Windows 10. O iPhone 8 da Apple foi seguido pelo iPhone X (ou seja “dez”). Mas a Samsung preferiu não seguir o exemplo: o sucessor do Galaxy S8 é o Galaxy S9 (e o S9 Plus), que chegará ao mercado em Março.
S9 vs iPhone X: o que os distingue?
Reuters
Bloomberg 26 de fevereiro de 2018 às 18:58

Aos olhos dos consumidores, os smartphones da Samsung precisam de ser melhores do que o iPhone X. A Bloomberg comparou os dois aparelhos:

 

Fotografia e vídeo

Óptimas fotos são essenciais para qualquer telefone de topo. A Samsung equipou o S9 Plus com duas câmaras: uma grande angular e uma teleobjectiva (como o iPhone X) e ambas fazem capturas a uma resolução de 12 megapixels (também igual ao iPhone X). A Samsung monta inclusivamente as duas lentes do S9 Plus verticalmente - algo que a Apple também faz com o seu principal modelo.

 

Mas a grande diferença pode ser vista no desempenho com pouca luz. Ao tirar uma foto com o S9, o utilizador na verdade captura 12 imagens simultaneamente. O telefone compara todas as exposições para criar uma única imagem que inclui todos os detalhes desejados, mas com o mínimo de granulação e ruído possível. O recurso é semelhante ao processamento de fotos de grande alcance dinâmico do iPhone X, que consiste em tirar três imagens com diferentes níveis de exposição à luz para combiná-las e produzir uma imagem mais completa e equilibrada.

 

Ecrã e design

A maioria dos recursos são os mesmos nos modelos S9 e S9 Plus, com excepção do sistema da câmara. Mas a segunda versão é maior: usa um ecrã de 6,2 polegadas (15,7 cm), contra 5,8 polegadas (14,7 cm) no S9 regular. As versões grande e pequena pesam 189 gramas e 163 gramas, respectivamente.

 

O iPhone X pesa 174 gramas – mesmo no meio dos dois modelos da Samsung. Mas o ecrã é uma grande diferença. O "notch", detalhe de design que está na parte superior do ecrã do iPhone X da Apple, não foi adoptado pela Samsung. Em vez disso, o ecrã do S9 é um rectângulo ininterrupto. As molduras nas partes superior e inferior do ecrã são finos, mas os da Apple são mais finos. Os consumidores terão que escolher: molduras mais finas, mas com "notch", ou ecrãs sem este detalhe mas com molduras ligeiramente maiores.

 

Preço e veredicto

Os novos modelos são mais baratos que o iPhone X, vendido a partir de 999 dólares. Nos EUA, os preços variam entre 720 dólares pelo S9 com a operadora T-Mobile U.S. e 930 dólares pelo S9Plus com a Verizon Communications.

 

Estes telefones são os modelos mais caros produzidos nas suas categorias e, no papel, têm semelhanças notáveis. Esteticamente, há uma diferença maior entre um iPhone 8 e um iPhone X, em particular em termos de design industrial bruto, tamanho de ecrã e qualidade de imagem. O Samsung S9 oferece uma actualização fisicamente menos notável em comparação com o S8, mas os recursos fotográficos aprimorados e a potência serão argumentos de venda importantes para os possíveis clientes dispostos a trocar de aparelho.

 

Para o cliente indeciso quanto a abandonar uma fabricante pela outra, a troca resume-se ao formato do ecrã, ao armazenamento expansível, à fotografia com pouca luz e à aparência física. No resto, ambos não passam de objectos muito atraentes de vidro e metal, apesar dos aumentos recorde nos custos.

(Texto original: How Samsung’s New Galaxy S9 Compares to the iPhone X)




Saber mais e Alertas
pub