Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Samsung ganha quota de mercado em Portugal com venda de smartphones

O mercado de telemóveis continua a cair, mas os “smartphones” estão a ajudar algumas fabricantes a crescer. A Samsung ganhou quota de mercado em Portugal, no primeiro trimestre, atingindo os 42%, segundo os dados da IDC.

Bloomberg
Ana Torres Pereira atp@negocios.pt 24 de Junho de 2013 às 16:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • 9
  • ...

No primeiro trimestre de 2013 foram vendidos em Portugal 899 mil telemóveis, uma queda de 9% nas vendas em relação ao mesmo período de 2012, refere o estudo "IDC European Mobile Phone Tracker".

 

Já a venda de “smartphones” correu melhor, tendo sido comercializadas 397 mil unidades, representando um crescimento de 29% face ao período homólogo de 2012. Este segmento representou 44% das vendas totais de telemóveis no trimestre.

 

“Apesar do mercado português ter ainda uma penetração deste tipo de terminais (smartphones) inferior à media europeia - já nos 72% -, estamos a assistir ao início da segunda fase de adopção deste tipo de telefones”, afirmou Francisco Jerónimo, director europeu de Research da Área de Telefones Móveis da IDC, citado em comunicado.

 

A IDC justifica este crescimento com “a vasta oferta de terminais, as campanhas de desconto dos operadores, a crescente adopção no círculo de amigos de cada utilizador, a popularidade das aplicações e a constante descida do preço médio dos terminais”.

 

No entanto, o crescimento de venda deste tipo terminais não é proporcional à rentabilidade gerada por estes clientes, uma “uma vez que a propensão para subscrever um plano de dados com o terminal será bastante menor, sendo os acessos à internet feitos através das redes WiFi”.

 

A Samsung continua a destacar-se em Portugal, tendo atingindo uma quota de 42%, no período em análise, com a venda de 378 mil unidades. No período homólogo, esta fabricante tinha uma quota de 33%.

 

Na segunda posição mantém-se a Nokia, com uma quota de 26%, menos do que os 32% registados no período homólogo. A fabricante finlandesa vendeu em Portugal 236 mil unidades.

 

A Apple terminou o trimestre com uma quota de 6%, com 55 mil unidades vendidas, um valor que compara com as 35 mil unidades vendidas no período homólogo, dando-lhe uma quota de 4%.

 

“Em Portugal esta massificação dos smartphones continuará a ser fortemente influenciada pelo preço médio dos terminais”, acrescentou a IDC.

 

No primeiro trimestre deste ano, os smartphones com preço até 130 euros representaram 35% das vendas totais de smartphones, ao passo que no resto da Europa o peso foi de apenas 17%.

Ver comentários
Saber mais Samsung Nokia Apple smartphone
Outras Notícias