Start-ups Seedrs ataca Benelux através de Amesterdão

Seedrs ataca Benelux através de Amesterdão

A plataforma de equity crowdfunding expandiu a sua actividade para o Benelux, abrindo um escritório em Amesterdão. Regulador britânico concedeu autorização para que Seedrs opere em toda a Europa.
Seedrs ataca Benelux através de Amesterdão
Bruno Simão/Negócios
Ana Laranjeiro 21 de julho de 2016 às 15:00

A Seedrs, a plataforma de equity crowdfunding co-fundada pelo português Carlos Silva, expandiu a sua actividade para a região do Benelux, isto é Bélgica, Holanda e Luxemburgo. Para isso, e de acordo com o comunicado, a empresa abriu um escritório em Amesterdão (Holanda) que tem como missão "criar e fomentar relações entre as start-ups da região do Benelux e [com] o ecossistema de investimentos em estágios iniciais, e por captarem novos negócios que possam recorrer ao financiamento na plataforma".

A plataforma de equity crowdfunding tem presença em Londres (cidade onde nasceu), Lisboa (onde é feito desenvolvimento de software) e Nova Iorque, sendo que, está prevista a expansão de escritórios "num futuro próximo".


A Seedrs revela ainda que há poucos dias obteve uma autorização por parte da Financial Conduct Authority, organismo britânico de regulação financeira, que lhe permite operar em qualquer país da União Europeia.


Em comunicado, Carlos Silva (na foto), co-fundador e presidente da Seedrs afirma: "sempre ambicionámos ter uma cobertura pan-europeia e a expansão para a Holanda é um passo importante para a nossa presença em toda a região e ecossistema do Benelux". "Queremos que a Seedrs seja um player global do financiamento de start-ups e no crescimento de empresas em toda a Europa".


Amesterdão é um polo importante de empreendedorismo na Europa. O relatório Startup Heatmap Europe, divulgado na semana passada, colocava uma questão aos empreendedores que fundaram start-ups: "Onde começaria se pudesse começar tudo de novo?". Berlim e Londres estão no topo das preferências. Amesterdão era a terceira cidade mais referida pelos empreendedores.

Segundo informação disponibilizada pela Seedrs, esta plataforma já ultrapassou os 100 milhões de libras – mais de 119 milhões de euros – investidos em empresas em fase de arranque. "Até ao final de 2015, contou com mais de 340 negócios na sua plataforma, provenientes de 24 países, e para os quais foram angariados investimentos de cerca de 94 milhões de dólares. Para este volume de negócio contribuíram investidores de 75 países que realizaram mais de 38 mil investimentos".




pub

Marketing Automation certified by E-GOI