Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Seguradoras venderam mais 38% de PPR em 2013

O volume da produção de seguro directo em Portugal foi ligeiramente superior a 13 mil milhões de euros em 2013, o que representa um acréscimo de 20,2% face ao valor verificado no ano anterior. Subscrição de Planos de Poupança Reforma (PPR) ajudam a explicar esta subida.

Negócios 04 de Fevereiro de 2014 às 13:39
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O volume da produção de seguro directo em Portugal superou os 13 mil milhões de euros em 2013, o que representa uma subida de 20,2% face ao ano anterior, refere o supervisor, o Instituto Português de Seguros (ISP), em comunicado.

 

Esta subida foi determinada pelo crescimento verificado no ramo “Vida” (33,6%), onde foi atingindo um volume superior a 9,2 mil milhões de euros, em boa parte explicado pela “recuperação do peso dos planos de poupança reforma (PPR), que em 2013 representaram cerca de 11,8% da produção do ramo Vida (10,3% em 2012), com a sua produção a aumentar 38%” para mais de 1,5 mil milhões de euros.

 

Já a produção seguradora dos ramos “Não Vida” apresentou uma variação negativa (-3,1%), tendo as modalidades “Acidentes de Trabalho” (-8%) e “Automóvel” (-5,8%) as que registaram a evolução mais desfavorável.

 

Nota o comunicado do ISP que o grupo CGD, apesar de manter liderança no ramo segurador, tem vindo a perder importância relativa. Em sentido inverso, destaca-se o grupo BPI que regressou ao conjunto dos cinco maiores grupos segurador, depois do BPI Vida e Pensões ter crescido 233,2% entre 2012 e 2013, detendo agora uma quota de 8,9% do mercado.

Ver comentários
Saber mais seguros ISP PPR
Outras Notícias