Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Semapa aumenta EBITDA em 70 milhões de euros com aquisição de 41% da Secil

A Semapa negoceia um empréstimo no valor de 304 milhões de euros para financiar a aquisição dos restantes 41,06% do capital que ainda não detinha na Secil, que aumentará em 70 milhões de euros o EBITDA da «holding», disse ao Negocios.pt José Honório.

Bárbara Leite 07 de Outubro de 2002 às 19:00
  • Partilhar artigo
  • ...
A Semapa negoceia um empréstimo no valor de 304 milhões de euros para financiar a aquisição dos restantes 41,06% do capital que ainda não detinha na Secil, que aumentará em 70 milhões de euros o EBITDA da «holding», disse ao Negocios.pt José Honório, administrador financeiro da Semapa.

«Não vamos precisar de nenhum aumento de capital» para adquirir a posição de 41,06% detida pelos dinamarqueses Hoojaard Holding e a FLS Industries, acrescentou José Honório.

Para financiar esta compra, a Semapa [SEMA] vai contrair «um financiamento bancário em igual valor ao da aquisição», avançou a mesma fonte.

Este financiamento será ainda objecto de «negociações com o sistema financeiro», revelou José Honório.

A Semapa anunciou, na sexta-feira, que se comprometeu a adquirir a posição da FLSHH, detida pelos dinamarqueses Hoojaard Holding e a FLS Industries, na Secil por 304 milhões de euros e que representa 44,06% dos direitos de voto naquela cimenteira.

A formalização do contrato deverá ocorrer até 18 de Novembro.

Com esta aquisição, a Semapa «apropria-se de mais 70 milhões de euros em resultados antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) da Secil», revelou Honório, lembrando que a Secil «gera um EBITDA de 170 milhões de euros».

«Esta aquisição será realizada a um múltiplo muito bom», frisou Honório.

José Honório destacou que a «intenção de comprar esta posição não é recente, tem mais de três anos, mas só agora os interesses convergiram».

Esta compra não invalida o projecto de expansão da «holding» liderada por Pedro Queiroz Pereira, sublinhou o administrador financeiro da Semapa ao Negocios.pt.

«A Semapa está sempre atenta para novas oportunidades de investimento», disse Honório que se escusou a pormenorizar esta afirmação.

Com a concretização do financiamento, a Semapa não terá que alienar a sua posição de 9% no capital da concorrente Cimpor [CIMP], assegurou Honório.

As acções da Semapa encerraram nos 3,45 euros, a cair 4,55% e a Cimpor ao cotar nos 17,45 euros, subiu 0,58%.

Outras Notícias