Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Soares da Costa afasta aquisições em 2009

A Soares da Costa, que hoje apresentou os resultados referentes a 2008, afastou aquisições em 2009, e realça que no ano passado o volume de negócios cresceu independentemente das aquisições feitas pela construtora.

Germano Oliveira 27 de Março de 2009 às 12:47
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
A Soares da Costa, que hoje apresentou os resultados referentes a 2008, afastou aquisições em 2009, e realça que no ano passado o volume de negócios cresceu independentemente das aquisições feitas pela construtora.

“Não está previsto crescimento inorgânico através de aquisições”, afirmou esta manhã Pedro Gonçalves na conferência de imprensa de apresentação de resultados.

A Soares da Costa terminou o ano de 2008 com um resultado líquido de 8,2 milhões de euros, o que representa uma queda de 31,8% face aos lucros obtidos em igual período do ano passado.

O volume de negócios subiu 51,6% para os 834,8 milhões de euros. A contribuir para a subida do volume de negócios no período estiveram as aquisições e consequente ampliação do perímetro de consolidação (Contacto, Scutvias, Prince).

“É um argumento fácil dizer que o volume de negócios cresceu apenas através do contributo das aquisições”, salientou o responsável. “Tirando os valores que advêm das aquisições, o volume de negócios cresceu 18,2%.”

Pedro Gonçalves sublinhou que “o resultado obtido está acima da média do consenso da previsão dos analistas.”

“Admitimos que o resultado é inferior mas é preciso perceber que este resultado é obtido num ano fortemente marcado por taxas de juro elevadas e no âmbito de um processo de elevados investimentos”, acrescentou.

No ano passado o número total de trabalhadores da Soares da Costa aumentou em 110, já considerando as entradas e saídas de pessoal.

Pedro Gonçalves diz que a construtora quer manter este ritmo de crescimento de pessoal em 2009.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias