Empresas Sonae vende 17% da Sonae Sierra por 218 milhões de euros (act.)

Sonae vende 17% da Sonae Sierra por 218 milhões de euros (act.)

A Sonae SGPS vendeu à Grosvenor 17,04% do capital social da Sonae Sierra, que passa assim a ser detida a 50% por ambas as sociedades, de acordo com um comunicado da Sonae à CMVM.
Carla Pedro 29 de dezembro de 2005 às 18:28

A Sonae SGPS vendeu à Grosvenor 17,04% do capital social da Sonae Sierra, que passa assim a ser detida a 50% por ambas as sociedades, de acordo com um comunicado da Sonae à CMVM.

O preço da transacção – que será agora avaliada pela Autoridade da Concorrência – foi de 218 milhões e excede o valor de mercado líquido dos activos detidos pela Sonae Sierra.

Esta operação veio confirmar a capacidade da Sonae Sierra de gerar valor através da detenção ou co-detenção, promoção e gestão de centros comerciais e de lazer, refere a mesma fonte, que acrescenta que a transacção entre os dois accionistas – parceiros há 8 anos - não traz qualquer alteração à estratégia e organização da empresa.

«Com este acordo, a Sonae Sierra passará a ser a plataforma de ambos os accionistas para o futuro investimento, desenvolvimento e gestão de centros comerciais e de lazer na Europa Continental», diz o comunicado do Conselho de Administração da Sonae SGPS.

Com base na informação disponível nesta data, a Sonae considera que esta transacção terá um impacto favorável nos resultados consolidados atribuíveis aos accionistas da Sonae SGPS, em cerca de 50 milhões de euros, «contribuindo ainda o encaixe de 218 milhões de euros para o reforço da solidez financeira do Grupo Sonae».

Os interesses da Grosvenor são representados pela sua subsidiária GFEPI, na qual a GIC e a Wellcome Trust são investidores minoritários.

O presidente da Sonae SGPS, Belmiro de Azevedo, expressou «o orgulho e o contentamento sentidos com o facto de um parceiro com o peso e o prestígio da Grosvenor ter reforçado a aposta numa parceria que reúne todas as condições para continuar a ser um caso de crescente sucesso».

Por sua vez, o presidente executivo da Grosvenor na Europa Continental, Neil Jones, depois de salientar que a Sonae Sierra lidera em áreas como a inovação, a estratégia de gestão e governance, afirmou que «estamos entusiasmados por aprofundar a nossa relação com a Sonae SGPS, dando à Sonae Sierra as condições certas para se concentrar na sua estratégia e continuar a prosperar».

Álvaro Portela, presidente executivo da Sonae Sierra, disse que se sente «muito contente por verificar que ambos os accionistas da Sonae Sierra estão satisfeitos com o desempenho da Empresa, e que ambos continuam a acreditar na estratégia de negócios que tem vindo a ser seguida».