Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sonaecom quer 11% de quota de mercado com nova marca (act.)

Sonaecom espera conseguir 11% de quota de mercado em quatro anos com a rede4, uma marca lançada hoje e que pretende ter uma operação distinta da Optimus, a rede móvel da empresa, anunciou Manuel Eanes, director do novo produto.

Negócios 27 de Junho de 2005 às 21:00
  • Partilhar artigo
  • ...

Sonaecom espera conseguir 11% de quota de mercado em quatro anos com a rede4, uma marca lançada hoje e que pretende ter uma operação distinta da Optimus, a rede móvel da empresa, anunciou Manuel Eanes, director do novo produto.

Em conferência de imprensa, o mesmo responsável adiantou também que espera, até ao final deste ano, ter 100 mil clientes na rede4 cujos utilizadores terão um número iniciado por 931.

A Sonaecom garante que este será um novo operador móvel com preços «discount», ainda que legalmente não possa ter identidade jurídica própria.

Em Portugal só existem três operadores móveis licenciados e a figura de operador móvel virtual ainda não foi regulamentada.

A rede4 tem um tarifário associado de 11,99 cêntimos por minuto (com taxação ao minuto) para todas as redes e 5,99 cêntimos por cada SMS. Estão disponíveis MMS por 38 cêntimos e roaming.

A adesão pode ser feita através do «site» Rede4.pt ou via telefone 800931931.

Manuel Eanes explica que os preços baixos são conseguidos na medida em que aboliu as embalagens, não utiliza lojas próprias, eliminou os patrocínios e publicidade caras e o serviço é basicamente «online», sendo o serviço telefónico pago. Para Manuel Eanes, os consumidores «pagam demais por coisas que não usam», falando em serviços não online, embalagens, redes de lojas, publicidade e patrocínios caros.

A Optimus tem uma equipa de quatro pessoas na Rede 4.

Para o mesmo responsável, o ARPU (receita média mensal por cliente) deste serviço será de aproximadamente 15 euros. E 26% do mercado em volume e 30% em valor têm mais apetência por produtos de baixo custo. «Se cortamos tudo o que é desnecessário, podemos oferecer mais barato», disse Manuel Eanes, em conferência de imprensa.

Há quatro meses que a empresa preparava o lançamento da Rede 4, que está associado a 12 telemóveis, tendo todos um cartão com 30 euros em chamadas. Os telemóveis são desbloqueáveis sem custos adicionais ao fim de dois meses.

Ver comentários
Outras Notícias