Media Sony compra à família Jackson o maior catálogo musical do mundo

Sony compra à família Jackson o maior catálogo musical do mundo

A "joint-venture" que a Sony tinha com Michael Jackson vai acabar. A Sony vai pagar 675 milhões pela parte que não detinha daquele que é o maior catálogo musical do mundo.
Sony compra à família Jackson o maior catálogo musical do mundo
Reuters
Negócios 15 de março de 2016 às 09:46

A Sony Corporation garantiu a compra aos filhos de Michael Jackson da parte do catálogo dos direitos musicais anteriormente detidos pelo cantor e que não estavam na posse da empresa.

De acordo com o comunicado, a Sony Corporation  e a empresa da família de Michael Jackson (Estate of Michael Jackson) chegaram a acordo para que a Sony adquira os 50% que ainda não detém na Sony ATV, uma "joint-venture"  que tinha sido criada em 1995 com o cantor e que detinha mais de três milhões de direitos autorais no catálogo, incluindo músicas como "New York, New York", "Hallelujah", "All You Need Is Love", "You've Got a Friend", "Moon River", "Jailhouse Rock", "The Mission Impossible Theme", "Ain't No Mountain High Enough", "Over the Rainbow", "Stand By Me", ou "Singin' in the Rain."

A Sony ATV representa, também, artistas como os The Beatles, Leonard Cohen, Bob Dylan, Marvin Gaye, Michael Jackson, Willie Nelson, Roy Orbison, Queen, The Rolling Stones, etc.

O memorando de entendimento determina o pagamento pela Sony de 750 milhões de dólares (cerca de 670 milhões de euros), sendo 733 milhões de euros pela posição accionista e o restante em distribuições futuras.


A venda é o culminar de um processo iniciado em Setembro de 2015, quando a Sony exerceu o direito de compra que existia desde que a "joint-venture" foi criada. O acordo deverá ficar concluído a 31 de Março, diz o comunicado, acrescentando estar o negócio, ainda, sujeito a determinadas condições, nomeadamente aprovação pelos reguladores. A Sony diz não esperar que esta transacção tenha impacto material nos resultados consolidados.

"Quando a Sony firmou a parceria com Michael Jackson há 21 anos para criar a Sony ATV Music Publishing sabíamos que a companhia tinha capacidade para atingir grandes conquistas", declarou Michael Lynton, CEO da Sony Entertainment, citado no comunicado, acrescentando que "esta aquisição vai permitir à Sony movimentar-se mais rapidamente face às mudanças no negócio de edição musical".

De acordo com a Bloomberg, a Sony acredita que os serviços de "streaming" vão ajudar a subir as receitas do negócio musical para 5,2 mil milhões de dólares em 2017. 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI