Desporto Sporting: Geraldes em liberdade com caução de 60 mil euros

Sporting: Geraldes em liberdade com caução de 60 mil euros

O director para o futebol do Sporting, André Geraldes, ficou hoje em liberdade mediante pagamento de caução de 60 mil euros, no âmbito de uma investigação sobre viciação de resultados.
Sporting: Geraldes em liberdade com caução de 60 mil euros
Lusa 17 de maio de 2018 às 23:04

À saída do Tribunal de Instrução Criminal do Porto, André Geraldes manteve-se em silêncio, e o seu advogado confirmou que, além da caução, o 'team manager' do Sporting fica impedido de exercer funções desportivas, bem como de contactar os restantes três arguidos.

 

Na quarta-feira, após buscas na SAD do Sporting, a Polícia Judiciária (PJ) deteve André Geraldes e os empresários Paulo Silva e João Gonçalves, além de Gonçalo Rodrigues, igualmente funcionário do clube 'leonino', no âmbito da operação 'Cashball', que investiga manipulação de resultados.

 

A investigação debruça-se sobre suspeitas de corrupção envolvendo vários jogos da I Liga em que alegadamente houve tentativa de favorecer o Sporting.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Fpublico condenado a 48 anos trabalho/descontos Há 1 semana

AONDE É QUE ESTE ESPERTO FOI BUSCAR OS 60 MIL EUROS?

O PESSOAL QUE VAI A BOLA NÃO PAGA RENDA DE CASA, OU SEJA, A MAIORIA TEM CASAS DA CAMARA A CUSTA DOS MEUS IMPOSTOS, SÃO CLASSIFICADOS DE XULOS

Anónimo Há 1 semana

Quase todos os dias o P. Futre falava na TV da banalização do "jogo da mala", perante a figura de incrédulo(???) de um tal jornalista. E agora que é verdade será que vão por em causa o campeonato?

pub