Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sporting investigado pelo valor da compra de Alan Ruiz

O Sporting pagou oito milhões de euros para comprar o passe de Alan Ruiz. Mas o clube argentino que o vendeu terá recebido 3,9 milhões. Luís Borges Rodrigues, um antigo membro do conselho leonino, deu entrada com uma participação criminal.

Paulo Calado/Cofina
Negócios jng@negocios.pt 24 de Maio de 2018 às 09:44
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

O Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa está a investigar uma queixa, apresentada por Luís Borges Rodrigues, advogado e ex-membro do conselho directivo do Sporting nas primeiras eleições de Bruno de Carvalho. Em causa está a compra de Alan Ruiz ao Club Atlético Colón.

 

Na altura o negócio foi anunciado por oito milhões de euros. Mas o clube argentino, que estava numa situação financeiramente debilitada tendo recorrido a um processo semelhante ao PER, terá registado apenas 3,9 milhões de euros com esta venda.

 

Em 2016, o Sporting explicou, em comunicado enviado para o regulador do mercado que, pagou 7,04 milhões de euros por 100% do passe do avançado, que recebeu uma comissão de 2,2 milhão de euros enquanto prémio de assinatura. Além deste valor, o Sporting pagou ainda uma comissão de 1 milhão de euros. A Admira Partners recebeu 700 mil euros e a Costa Aguiar Sports 300 mil.

 

O Correio da Manhã revela que o negócio em questão pode configurar vários crimes. Entre eles está administração danosa, peculato, apropriação ilegítima, abuso de confiança e fraude fiscal. 

 

O mesmo jornal adianta que Bruno de Carvalho será o principal alvo da queixa apresentada por Luís Borges Rodrigues.

Ver comentários
Saber mais Alan Ruiz Luís Borges Rodrigues Bruno de Carvalho Sporting Departamento de Investigação e Ação Penal
Outras Notícias