Obrigações Sporting recebe dinheiro da emissão a tempo do reembolso do empréstimo

Sporting recebe dinheiro da emissão a tempo do reembolso do empréstimo

Já foi conhecido o prospecto da emissão obrigaccionista da SAD sportinguista. A emissão no valor de 30 milhões de euros tem uma taxa de juro de 5,25%. Avança já na próxima segunda-feira.
Sporting recebe dinheiro da emissão a tempo do reembolso do empréstimo
Raquel Godinho 09 de novembro de 2018 às 20:46
A subscrição da emissão obrigaccionista da Sporting SAD avança na próxima segunda-feira, 12 de Novembro, revela o prospecto da operação publicado no site da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). O documento, que foi esta sexta-feira aprovado pelo regulador do mercado de capitais, revela ainda que a liquidação financeira da operação deverá ocorrer a 26 de Novembro, data do reembolso do empréstimo obrigaccionista que venceu em Maio. 

A SAD do Sporting vai lançar uma emissão obrigacionista a três anos no valor de 30 milhões de euros e com uma taxa de juro de 5,25%. A subscrição destas obrigações tem início a 12 de Novembro, segunda-feira, e termina a 22 de Novembro, às 15 horas. A SAD liderada por Frederico Varadas tem até 16 de Novembro para decidir se pretende aumentar o montante da operação.

Os investidores que participem na operação têm até às 15 horas do dia 20 de Novembro para revogar e/ou alterar ordens que tenham sido dadas. A 23 de Novembro serão apurados os resultados da oferta pela Euronext em sessão especial de mercado regulamentado e está também prevista a divulgação dos resultados da oferta.

26 de Novembro é a data da liquidação física e financeira da da emissão, subscrição das obrigações e respectiva admissão à negociação. A SAD "leonina" tem urgência em receber uma injecção de capital para proceder ao reembolso de um empréstimo obrigacionista que venceu em Maio e cujo reembolso foi adiado precisamente para 26 de Novembro.

Esse empréstimo, no valor de 30 milhões de euros, vencia a 25 de Maio e o adiamento do reembolso foi aprovado numa assembleia-geral de obrigacionistas realizada a 20 de Maio, depois de, a 11 de Maio, os accionistas da SAD terem aprovado esse adiamento, bem como terem dado "luz verde" a emissões obrigacionistas de até um valor de 60 milhões de euros, a realizar este ano.



pub