Obrigações Sporting SAD faz emissão obrigacionista de 30 milhões com taxa de 5,25%

Sporting SAD faz emissão obrigacionista de 30 milhões com taxa de 5,25%

A SAD do Sporting lança uma emissão obrigacionista a três anos no valor de 30 milhões de euros e com uma taxa de juro de 5,25%, de acordo com o prospecto da operação que foi aprovado pela CMVM.
Sporting SAD faz emissão obrigacionista de 30 milhões com taxa de 5,25%
Pedro Curvelo 09 de novembro de 2018 às 20:26
A SAD do Sporting lança uma emissão obrigacionista a três anos no valor de 30 milhões de euros e com uma taxa de juro de 5,25%, confirmando-se a informação avançada pelo Negócios de que a taxa de juro ficaria "próxima dos 5%".

A comercialização começa na próxima segunda-feira, dia 12 de Novembro, indica o prospecto divulgado esta sexta-feira pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), depois do documento ter sido aprovado pelo regulador.

De acordo com a sociedade anónima desportiva do clube de Alvalade, a emissão terá um montante de até 30 milhões de euros, mas este poderá ser aumentado por decisão da SAD.

A SAD "leonina" revelou, a 26 de Outubro, que estava a "proceder à estruturação e montagem de um novo empréstimo obrigacionista", adiantando que mandatou "o Montepio Investimento para a prestação dos serviços de organização, montagem e colocação do novo empréstimo obrigacionista". A operação é classificada como "fundamental para o cumprimento de compromissos financeiros da sociedade".

A taxa de juro desta emissão fica abaixo dos 6% que estavam previstos para a emissão de 15 milhões de euros que a direcção liderada por Bruno de Carvalho planeava realizar em Maio e que acabou por não se concretizar. Ainda assim, os "leões" pagam um juro mais elevado do que o Benfica, que realizou em Julho uma emissão de 45 milhões com uma taxa de 4%, e do que o FC Porto, que em Maio emitiu 35 milhões de euros em obrigações em Maio a 4,75%.

A SAD "leonina" tem urgência em receber uma injecção de capital para proceder ao reembolso de um empréstimo obrigacionista que venceu em Maio e cujo reembolso foi adiado para 26 de Novembro. Esse empréstimo, no valor de 30 milhões de euros, vencia a 25 de Maio e o adiamento do reembolso foi aprovado numa assembleia-geral de obrigacionistas realizada a 20 de Maio, depois de, a 11 de Maio, os accionistas da SAD terem aprovado esse adiamento, bem como terem dado "luz verde" a emissões obrigacionistas de até um valor de 60 milhões de euros, a realizar este ano.



pub