Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Standard & Poor’s desce perspectiva de crédito do JPMorgan para “negativa”

A agência de notação financeira alterou a perspectiva que atribui à classificação de crédito da “holding” que detém o JPMorgan de “estável” para “negativa”, porque acredita que os credores destas sociedades não serão salvos em futuros resgates do sector financeiro.

Scott Eells/Bloomberg
Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 11 de Junho de 2013 às 16:07
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O JPMorgan Chase & Co., holding que detém o maior banco dos EUA em termos de gestão de activos, viu a agência de notação Standard & Poor’s (S&P) descer a perspectiva para a sua dívida de "estável" para "negativa".

 

A alteração, que torna relativamente mais provável uma descida o "rating" no futuro, é justificada por ser cada vez mais provável que os credores de sociedades detentoras de bancos venham a ser beneficiários de ajudas que os bancos possam vir a receber do Estado.

 

O rating da S&P para o JPMorgan Chase & Co. continua a ser de “A”, dois níveis acima da classificação a partir do qual a dívida da sociedade passa a ter um perfil “especulativo” (também conhecido como “junk”, ou “lixo”), segundo a Bloomberg que cita comunicado da agência de notação. 

 

A perspectiva “negativa” sinaliza que a “holding” que detém o banco liderado por Jamie Dimon poderá ver a sua dívida sofrer uma descida da notação de crédito.

 

O JP Morgan Chase Corp., junta-se às sociedades que detêm bancos como o Goldman Sachs e o Bank of America. O Goldman Sachs Gourp Inc. e o Bank of America Corp. já tinham uma perspectiva “negativa”, refere a Bloomberg.

 

Os economistas da Standard & Poor’s estão a rever as classificações de crédito dos principais bancos norte-americanos para incorporarem a expectativa de que os credores destas “holdings” não serão beneficiários de eventuais ajudas que os bancos venham a receber, em caso de crise financeira, segundo explicam na nota de análise.

 

“Está a tornar-se cada vez mais claro que os credores das sociedades ‘holding’ que detêm bancos podem não receber apoio extraordinário do governo, numa crise”, lê-se no comunicado da Standard & Poor’s citado pela Bloomberg.

Ver comentários
Saber mais JPMorgan JPMorgan Chase Standard & Poor's S&P rating dívida
Outras Notícias