Start-ups Start-up de Braga co-financiada em 1,1 milhões pela Indico

Start-up de Braga co-financiada em 1,1 milhões pela Indico

A Attentive fechou uma ronda de financiamento de 1,1 milhões de euros para a nova versão do seu “software” direcionado a ajudar as empresas a aumentarem a produtividade das equipas de vendas.
Start-up de Braga co-financiada em 1,1 milhões pela Indico
DR
Negócios 22 de fevereiro de 2019 às 10:00

A Indico Capital Partners, sociedade de capital de risco portuguesa, fechou o seu terceiro investimento. A start-up de Braga Attentive vai assim receber 1,1 milhões de euros em financiamento, numa operação que contou com a Indico e com a luxemburguesa Mangrove Capital Partners.

 

A Attentive é uma start-up que vai lançar esta sexta-feira a "nova versão do seu ‘software’ que permite aumentar a produtividade das equipas de vendas", explica um comunicado. "O software da Attentive ajuda as equipas de vendas a acompanhar o fluxo de vendas e guia de forma pró-ativa os gestores no sentido de uma alocação eficiente de recursos e de concretização dos negócios em carteira", adianta a mesma fonte.

 

A Indico é uma sociedade de capital de risco portuguesa, gerida por Stephan Morais (ex-administrador executivo da Caixa Capital), Ricardo Torgal (ex-gestor de investimentos na Caixa Capital) e por Cristina Fonseca (co-fundadora e acionista da Talkdesk).


Este é o terceiro financiamento em que a Indico participa, tendo um fundo com 46 milhões de euros. O primeiro investimento anunciado pela Indico foi na Sound Particles, empresa portuguesa de software áudio 3D, que trabalha para estúdios de Hollywood. O segundo investimento foi direcionado para a Bitcliq, tendo esta última garantido um financiamento de 600 mil euros para ajudar a vender peixe logo na captura.




Marketing Automation certified by E-GOI