Start-ups Start-up portuguesa angaria 8 milhões para expandir Terapeuta Digital nos EUA

Start-up portuguesa angaria 8 milhões para expandir Terapeuta Digital nos EUA

O financiamento de 8 milhões de euros da Sword Health foi obtido numa ronda de investimento de série A, que foi liderada pela Khosla Ventures.
Start-up portuguesa angaria 8 milhões para expandir Terapeuta Digital nos EUA
Negócios 16 de abril de 2019 às 16:10

A Sword Health anunciou esta terça-feira que fechou um financiamento de 8 milhões de dólares, com o dinheiro angariado a ser direcionado para a expansão desta start-up tecnológica para os Estados Unidos. 

 

"O objetivo da empresa é colocar o seu Terapeuta Digital em casa de cada vez mais pacientes, desenvolver as capacidades de engenharia do seu produto e investir na sua validação clínica", refere um comunicado desta companhia com sede no Porto que foi fundada em 2014 por Virgílio Bento e conta com escritórios na cidade portuguesa, São Francisco e Nova Iorque. 

 

Este financiamento de 8 milhões de euros foi obtido numa ronda de investimento de série A, que foi liderada pela Khosla Ventures. Esta companhia de capital de risco de Silicon Valley foi criada por Vinod Khosla, co-fundador da Sun Microsystems.

 

Em 2018 a Sword Health tinha obtido um investimento "seed" (semente) no valor de 4,6 milhões de dólares, que permitiu desenvolver o seu terapeuta digital para a fisioterapia, que combina sensores de movimento com inteligência artificial.

 

É este produto que a companhia quer agora lançar nos Estados Unidos. "A Sword Health já está a trabalhar com algumas das maiores seguradoras dos Estados Unidos para tratar e prevenir as doenças musculoesqueléticas. O objetivo final é reduzir para metade os custos com estas patologias nos Estados Unidos, fornecendo ao mesmo tempo uma terapia com maior qualidade e conforto aos pacientes", refere um comunicado da companhia.

 

Em comunicado, Virgílio Bento, fundador e CEO da start-up, assinala que "com esta ronda queremos passar do possível para o inevitável. As doenças musculosqueléticas estão a provocar e a aumentar o absentismo laboral, a promover o consumo de opioides e a abrir caminho para cirurgias evitáveis. Estamos a construir os próximos 50 anos da fisioterapia mundial e a redefinir os cuidados de saúde para estas patologias". 

 

Motivação pessoal para negócio global

 

Como escreveu o Negócios em 2018, foi o atropelamento do irmão que motivou Virgílio Bento a inventar um sistema para a reabilitação independente e complementar ao trabalho dos terapeutas, com o objetivo de democratizar o acesso a fisioterapia de qualidade e alta intensidade, que promete aos fornecedores de serviços de saúde um corte na despesa.

 

Na explicação dada pela própria empresa, o Sword Phoenix, como se chama o principal produto, "permite aos pacientes realizarem as suas sessões de fisioterapia no conforto de sua casa, com ‘feedback’ em tempo real da sua performance e sempre monitorizados pela sua equipa clínica". Por outro lado, "permite expandir a pegada terapêutica das equipas clínicas, permitindo-lhes tratar mais doentes, com resultados clínicos sólidos e reduzindo custos operacionais".




pub

Marketing Automation certified by E-GOI