Empresas "Start-ups" exportam mais e empregam menos
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

"Start-ups" exportam mais e empregam menos

Nascem em Portugal mais “start-ups” viradas para a exportação, mas que facturam e empregam menos, com dois terços a serem constituídas por quem entra na aventura empresarial pela primeira vez. Já a taxa de sobrevivência diminuiu nos últimos anos, revela o estudo “O Empreendedorismo em Portugal 2007-2014”, da Informa D&B.
"Start-ups" exportam mais e empregam menos
Miguel Baltazar
Rui Neves 26 de fevereiro de 2015 às 21:06

Após ter batido no fundo, em 2009 e 2010, com a criação anual de 31,3 mil empresas, o tecido empresarial português mostra-se mais dinâmico, tendo nos últimos dois nascido 35,6 mil por ano, valor próximo

)

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI