Start-ups StartUp Visa: Candidaturas começam para a semana mas já houve 46 pedidos de informação

StartUp Visa: Candidaturas começam para a semana mas já houve 46 pedidos de informação

As candidaturas ainda não arrancaram mas já têm sido recebidos pelas autoridades nacionais pedidos de informação sobre o StartUp Visa, um programa que facilita a atribuição de vistos a empreendedores que queiram criar ou deslocalizar a sua start-up para Portugal. Os pedidos surgem sobretudo do Brasil.
StartUp Visa: Candidaturas começam para a semana mas já houve 46 pedidos de informação
Bloomberg

As candidaturas para o StartUp Visa arrancam no próximo dia 15 de Março. Mas a Portugal já chegaram algumas manifestações de interesse. Até agora, e segundo os dados apresentados pelo ministério da Economia em comunicado, foram sinalizados 46 pedidos de informação sobre este programa que permite que empreendedores estrangeiros que queiram criar ou transferir para Portugal a sua start-up tenham acesso rápido a um visto de residência.

A grande maioria das manifestações de interesse chega do Brasil. Contudo, há também pedidos de informação feitos de países como França, México, Reino Unido e Turquia.

"A primeira fase do StartUp Visa vai ficar concluída nos próximos dias, com a certificação de 71 incubadoras, sendo que cerca de 20 estão localizadas no interior do país e uma na Madeira", pode ler-se no comunicado do ministério tutelado por Caldeira Cabral.  

Estes vistos para empreendedores que se queiram estabelecer em Portugal foram anunciados pelo ministro da Economia em Novembro do ano passado, durante a segunda edição do Web Summit em Lisboa. Atrair investimento, talento e capacidade de inovação foram os objectivos traçados pelo Governo para avançar com o programa Startup Visa.

O IAPMEI, que está a tratar da certificação das incubadoras, explica que este processo visa garantir que estas infra-estruturas "estão aptas a acolher" empreendedores de outros países. 




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
start tretas 06.03.2018

Não dou 1 ano para passar de moda este flop

Johnny 06.03.2018

Mais estrangeirada... já ca temos poucos

pub