Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Super Bock recorre da multa da Concorrência

"É com total perplexidade que a empresa é notificada pela AdC, com um valor de coima que considera absolutamente desajustado e desproporcional face à alegada infração em causa; à realidade económica nacional; à prática decisória da AdC em processos semelhantes", diz a Super Bock Bebidas.

Negócios jng@negocios.pt 25 de Julho de 2019 às 19:53
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

No seguimento do comunicado publicado no website da Autoridade da Concorrência (AdC), em que é aplicada uma multa de 24 milhões de euros por fixação de preços mínimos, a Super Bock Bebidas (SBB) considera importante esclarecer que "rejeita veementemente a decisão de condenação" e "irá exercer o seu direito de defesa, recorrendo, de imediato, dessa decisão junto das instâncias judiciais competentes".

 

"A SBB ficou estupefacta com o facto de ter sido proferida a decisão final, quando na presente data se está ainda a aguardar no processo que o Tribunal se pronuncie sobre diversas ilegalidades que a SBB entende terem sido praticadas", diz o comunicado.

 

E prossegue: "a empresa e os seus colaboradores sempre pautaram e continuarão a pautar a sua conduta pelo estrito cumprimento das regras de concorrência, estando certa de que não foi cometida qualquer infração, tendo inclusivamente implementado um vasto programa nesta área no sentido de assegurar o cumprimento de tais regras e normas".

 

Por isso, sublinha, "é com total perplexidade que a empresa é notificada pela AdC, com um valor de coima que considera absolutamente desajustado e desproporcional face à alegada infração em causa; à realidade económica nacional; à prática decisória da AdC em processos semelhantes".

 

"A Super Bock é uma empresa idónea, com um largo historial no contributo para a economia do país, empregando cerca de 1.300 trabalhadores em Portugal", frisa o documento enviado às redações.

O comunicado da Super Bock conclui dizendo que a empresa "estranha e lamenta profundamente a presente decisão e utilizará todos os meios ao seu alcance na defesa da sua reputação, dos seus valores e da integridade da sua conduta".

A Super Bock, sublinhe-se, foi multada em 24 milhões de euros pela Autoridade da Concorrência por ter fixado preços mínimos na revenda dos seus produtos a hotéis, restaurantes e cafés durante 12 anos seguidos. Para a AdC, a infração foi "grave".

Ver comentários
Saber mais Super Bock Bebidas Concorrência Autoridade da Concorrência AdC SBB
Mais lidas
Outras Notícias