Empresas TAP reembolsada em 37,7 milhões de euros no negócio da Varilog

TAP reembolsada em 37,7 milhões de euros no negócio da Varilog

A companhia aérea TAP irá receber 45,6 milhões de dólares (cerca de 37,7 milhões de euros) ao abrigo do acordo assinado com os accionistas da Varig para a compra das duas participadas VEM e Varilog, anunciou hoje o ministro das Obras Públicas, Transportes
Isabel Aveiro 11 de janeiro de 2006 às 13:04

A companhia aérea TAP irá receber 45,6 milhões de dólares (cerca de 37,7 milhões de euros) ao abrigo do acordo assinado com os accionistas da Varig para a compra das duas participadas VEM e Varilog, anunciou hoje o ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações.

Em declarações hoje proferidas perante a Comissão de Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Mário Lino defendeu que no âmbito do negócio da venda daquelas duas participadas da Varig, para a qual a TAP já desembolsou 62 milhões de dólares, a TAP ficará apenas com a VEM.

Excluiu assim a apresentação de uma contra-proposta para assegurar a manutenção da Varilog, o que, contratualmente, lhe garante um reembolso do valor total oferecido por esta empresa, de 38 milhões de dólares, mais 20% de prémio, equivalente a 7,6 milhões de dólares. Ou seja, no total, a TAP irá embolsar 45,6 milhões de dólares pelo facto de se ter adiantado na proposta de compra da participada de logística da Varig.

Em declarações aos jornalistas após a Comissão, Mário Lino adiantou ainda que o montante será entregue à TAP no acto da transacção, e não "em dez anos", mas não avançou com nenhuma data para o mesmo formalismo ter lugar.  




Marketing Automation certified by E-GOI