Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Tegopi: providência cautelar trava “incobráveis” de 13,5 milhões

O grupo Quintas & Quintas, que controla o capital da insolvente Tegopi, terá tentado fazer operação contabilística que azedou a já turbulenta relação com o seu sócio público.

Um ano depois de terem lutado por aumentos salariais, os 252 trabalhadores da insolvente Tegopi temem atualmente pela manutenção dos seus postos de trabalho.
Rui Neves ruineves@negocios.pt 11 de Junho de 2019 às 22:20
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
O presidente da PME Investimentos, gestora do fundo público FACCE, que detém 70% do capital da insolvente Tegopi mas apenas 30% dos votos na empresa, revelou ao Negócios que a sociedade estatal avançou com uma providência cautelar para impedir que a administração da produtora gaiense de torres eólicas aprovasse uma determinada operação contabilística.

"A providência cautelar tem a ver com questões ...
Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais tegopi torres eólicas quintas & quintas facce pme investimentos insolvência providência cautelar jorge serrano neto rodrigues
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias