Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Teixeira Duarte dispara 6% a recuperar de quedas da semana passada

As acções da Teixeira Duarte estão hoje a negociar em forte alta, com uma valorização superior a 6%, recuperando assim parte da desvalorização da semana passada, que se ficou a dever à situação financeira difícil da companhia.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 09 de Fevereiro de 2009 às 15:36
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...
As acções da Teixeira Duarte estão hoje a negociar em forte alta, com uma valorização superior a 6%, recuperando assim parte da desvalorização da semana passada, que se ficou a dever à situação financeira difícil da companhia.

As acções da Teixeira Duarte sobem 6,07% para 0,489 euros, depois de nas cinco sessões anteriores terem recuado 16% para mínimos históricos.

A empresa está agora avaliada em 205,4 milhões de euros, acima dos 180 milhões de euros que a empresa valia quando atingiu um mínimo histórico nos 0,45 euros. Em Setembro passado a capitalização bolsista situava-se acima dos 400 milhões de euros.

Os cortes agressivos nas avaliações das acções, por parte do BPI e do Santander, foram os catalizadores para a queda acentuada dos títulos da empresa na semana passada.

O Santander e o BPI divulgaram notas de análise à Teixeira Duarte em que cortam para um terço a avaliação da empresa, devido às perdas nas participações no capital do BCP e Cimpor.

Usando as cotações actuais destas empresas, o valor atribuído à construtora é inferior à sua dívida, deixando-a numa potencial situação de falência técnica, como noticiou o Negócios na semana passada.

Em causa estão as posições que a empresa tem no BCP, na Cimpor e no BBVA. No último ano as posições de 7,5% no BCP, 23,3% na Cimpor e de 0,03% no BBVA desvalorizaram 1.027 milhões de euros, segundo cálculos do Negócios.






Ver comentários
Outras Notícias