Empresas Telefónica reforça fixo no Brasil com compra da Atrium Telecomunicações

Telefónica reforça fixo no Brasil com compra da Atrium Telecomunicações

A Telefónica anunciou a compra da Atrium Telecomunicações, maior gestora de telecomunicações em edifícios comerciais do Brasil, por 113,44 milhões de reais (31,09 milhões de euros), reforçando assim a sua presença no segmento de telefonia fixa em territór
Bárbara Leite 27 de dezembro de 2004 às 11:56

A Telefónica anunciou a compra da Atrium Telecomunicações, maior gestora de telecomunicações em edifícios comerciais do Brasil, por 113,44 milhões de reais (31,09 milhões de euros), reforçando assim a sua presença no segmento de telefonia fixa em território brasileiro, onde a Portugal Telecom admite entrar.

Em comunicado, a Telesp, participada da Telefónica para o segmento fixo em território brasileiro, avança que celebrou em 24 de Dezembro, com a Launceston Partners, sociedade controlada pelos fundos de investimento Advent Latin American, Advent PGGM Global e a J.P. Morgan Partners Latin América, J.P. Morgan Capital e Sixty Wall Street Fund e com investidores brasileiros, o contrato de compra e venda visando a aquisição do controlo indirecto da Atrium Telecomunicações.

«A aquisição da Atrium deu-se por meio da compra da totalidade das quotas representativas do capital social da Santo Genovese Participações, ‘holding’ que possui como único activo as quotas representativas de 99,99% do capital da Atrium», segundo o comunicado da participada espanhola.

Esta operação permite ampliar a oferta ao mercado brasileiro de serviços de maior valor agregado, «através da gestão da prestação de serviços de telecomunicações», acrescenta a mesma fonte.

Esta empresa foi a pioneira na prestação de serviços integrados de telecomunicações em empreendimentos imobiliários, coordenando todas as actividades de telecomunicações. Entre os produtos e serviços da empresa, estão linhas telefónicas digitais, centrais PABX, acesso em banda larga a Internet, Intranet, videoconferência, entre outros. Por coordenar as operações de telecomunicações, a Atrium é a interface entre os seus clientes e as operadoras.

Miguel Horta e Costa, presidente executivo da PT, afirmou recentemente que poderia entrar no mercado de telefonia fixa no Brasil, sendo que os analistas acreditam que possa entrar neste segmento através de aquisições.

* Correspondente em São Paulo




Marketing Automation certified by E-GOI