Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Três executivos de banco irlandês começam a ser julgados esta semana

Os antigos executivos do Anglo Irish Bank são considerados como dos principais responsáveis daquela que ficou conhecida como a crise do sistema financeiro irlandês e vão começar a ser julgados ainda durante esta semana.

David Santiago dsantiago@negocios.pt 04 de Fevereiro de 2014 às 10:47
  • Assine já 1€/1 mês
  • 18
  • ...

O jornal “The Guardian” prevê que o julgamento de Sean FitzPatrick, Pat Whelan e William McAteer será “um dos mais complexos da história europeia do crime financeiro”, para o qual será preparado um grande aparato de segurança à volta do tribunal onde os três antigos executivos serão julgados.

 

Todas as acusações estão relacionadas com a prestação ilegal de apoio financeiro, a 16 pessoas, com o objectivo destas adquirirem acções do Anglo Irish Bank durante o ano de 2008. O “The Guardian” refere que ao longo do julgamento serão propostas centenas de testemunhas e um sem número de documentos, o que dificultará a obtenção de uma decisão final célere. Entre as testemunhas estará um dos irlandeses mais poderosos antes do eclodir da crise do sistema financeiro celta, Sean Quinn, que entretanto se viu na necessidade de declarar falência, ao ficar com dívidas de largos milhões de euros ao sistema financeiro.

 

Os três arguidos causam grande celeuma junto da sociedade irlandesa, que vê neste julgamento uma forma de espiar e ultrapassar em definitivo os erros que levaram à crise que agora se espera ultrapassada. Como tal, foram cerca de 350 as pessoas que se mostraram disponíveis para fazer parte do júri que irá apoiar os 15 juízes ao longo dos três a seis meses que deverá durar o julgamento.

 

Em 2008 o resgate do banco, na altura presidido por FitzPatrick, custou cerca de 30 mil milhões de euros aos contribuintes irlandeses.

Ver comentários
Saber mais Sean FitzPatrick The Guardian Anglo Irish Bank Sean Quinn
Outras Notícias