Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

TT International "shorta" no BCP

Os fundos geridos pela TT International, com sede em Londres, venderam a descoberto, no passado dia 23 de Fevereiro, 11.871.127 acções BCP, correspondendo a 0,25% do capital social do banco, através de contrato de empréstimo de títulos, informou o banco liderado por Santos Ferreira em comunicado à CMVM.

Carla Pedro cpedro@negocios.pt 03 de Março de 2009 às 18:08
Os fundos geridos pela TT International, com sede em Londres, venderam a descoberto, no passado dia 23 de Fevereiro, 11.871.127 acções BCP, correspondendo a 0,25% do capital social do banco, através de contrato de empréstimo de títulos, informou o banco liderado por Santos Ferreira em comunicado à CMVM.

Os referidos fundos são o Caxton International Ltd, Lyxor/TT Fund Limited, Permal Europe Limited, Triton 600 Limited, TT Long/Short Europe Fund Limited e TT Financials Long/Short Fund Limited.

No passado dia 3 de Fevereiro tinha sido a Egerton a “shortar” no BCP. Com efeito, a Egerton Capital Limited vendeu nessa sessão, a descoberto, 0,0213% do capital social do BCP.

Com esta operação, a Egerton Capital Limited passou a deter uma posição a descoberto de 12.071.260 acções, que corresponde a 0,2571% do capital social do banco.

Os fundos que detêm estas posições são o The Egerton European Equity Fund Limited, o The Egerton European Dollar Fund Limited e o Egerton Capital Partners, segundo o comunicado.

As vendas a descoberto, também conhecidas por vendas curtas, permitem tirar partido da queda das acções (operação designada por “short selling”).

Na sessão de hoje, o BCP encerrou a perder 3,44%, para se fixar em 0,62 euros.

Ver comentários
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio