Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Uber está a estudar compra de start-up de aluguer de trotinetas eléctricas

A Uber quer reforçar a sua presença neste segmento. Para tal, está a analisar a possibilidade de comprar a Bird, uma start-up de aluguer de trotinetas eléctricas. Se esta operação falhar, a Lime pode ser o plano B.

Pedro Catarino/Correio da Manhã
Negócios jng@negocios.pt 03 de Dezembro de 2018 às 12:02
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Uber está a considerar comprar uma start-up de aluguer de trotinetas elécticas. Em cima da mesa poderá estar um negócio com a Bird, com a qual a empresa tem estado em negociações. Mas, se esta operação falhar, há um plano B: a Lime, a dona das trotinetas verdes que já chegaram a Lisboa e na qual a Uber já tem uma participação minoritária.

 

A publicação The Information, que avançou esta informação, citando fontes próximas das empresas, refere um "possível acordo multimilionário com a Bird e a Lime". As negociações ainda estarão numa fase inicial. 

 

Contudo, fontes próximas afirmam que um acordo pode não vir a materializar-se, sobretudo por não conseguirem chegar a um entendimento quanto ao preço destas empresas ainda muito recentes, cujos modelos de negócio ainda não foram devidamente "testados".

 

O presidente da Bird, Travis VanderZanden, afirmou entretanto que a "empresa não está à venda", o que pode ser interpretado como uma táctica de negociação por parte da empresa. Já a Lime, na qual a Uber já tem uma participação minoritária, disse estar "focada na construção de uma empresa independente que é líder global em soluções de mobilidade". A Uber não quis comentar.  
 

Este possível acordo é colocado em cima da mesa numa altura em que ambas as start-ups estão a tentar atrair investidores para financiarem o seu crescimento rápido, mas que envolve custos elevados.

As duas empresas têm angariado nos últimos meses centenas de milhões de dólares. E lançaram os seus serviços em dezenas de cidades a nível mundial, o que pode significar que a Uber terá de pagar milhares de milhões para conseguir um acordo.

 

Para a Uber, seria mais uma aposta este ano. Foi em Abril que a empresa pagou mais de 100 milhões de dólares pela Jump, uma start-up de bicicletas eléctricas.

Ver comentários
Saber mais Uber Lime Bird empresas
Mais lidas
Outras Notícias