Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

UBS aumenta bónus enquanto os restantes bancos reduzem as compensações

O UBS aumentou os bónus em 14% no ano de 2015. O banco suíço é o único grande banco europeu a aumentar as compensações aos seus banqueiros.

A carregar o vídeo ...
UBS Trumps European Rivals as Bonus Pool Surges 14%
André Vinagre andrevinagre@negocios.pt 18 de Março de 2016 às 10:21
  • Partilhar artigo
  • ...

O banco suíço UBS aumentou a totalidade dos bónus para os 3,5 mil milhões de francos suíços (3,2 mil milhões de euros), mais 14% do que os 3,06 mil milhões de francos atribuídos no ano anterior. É o único a elevar a remuneração aos trabalhadores, sendo que o CEO teve o aumento mais expressivo.

 

A Bloomberg escreve que o UBS é o único grande banco europeu a aumentar as compensações, com o Deutsche Bank e o Credit Suisse a cortar bónus em 11%. Este aumento nos bónus deve-se aos resultados do UBS, que tem registado fortes lucros desde 2010.

No Deutsche Bank, no entanto, as despesas com pessoal aumentaram de 10 mil milhões em 2014 para 10,5 mil milhões em 2015.

 

"Estas compensações reflectem o nosso empenho em dar remunerações competitivas para o desempenho de excelência", disse Ann Godbehere, líder da unidade de pagamentos no banco suíço, citada pela Bloomberg.

 

De acordo com os resultados do banco citados pela agência noticiosa, os membros do conselho executivo receberam em 2015 uma compensação total de 93,4 milhões de francos suíços (85,5 milhões de euros).

 

Sergio Ermotti, CEO do banco, continua a ser o mais bem remunerado membro do conselho de administração. O bónus do presidente executivo aumentou 37% para os 11,5 milhões de francos (10,5 milhões de euros).

Ver comentários
Saber mais UBS Deutsche Bank Credit Suisse bónus
Outras Notícias