Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

UBS e Lansdowne Partners reduzem participação no BCP

O UBS e a Lansdowne Partners Limited Partnership reduziram a sua participação no Banco Comercial Português para 2,01% e 1,86%, respectivamente, do seu capital, revelou a instituição bancária em dois comunicados distintos à Comissão do Mercado de Valores M

Negócios negocios@negocios.pt 28 de Abril de 2006 às 18:47
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O UBS e a Lansdowne Partners Limited Partnership reduziram a sua participação no Banco Comercial Português para 2,01% e 1,86%, respectivamente, do seu capital, revelou a instituição bancária em dois comunicados distintos à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Segundo o primeiro comunicado, a Lansdowne Partners Limited Partnership, na sequência da alienação de 5.161.233 acções do BCP, realizada no passado dia 25 de Abril de 2006, passou a deter, em nome de fundos de clientes, 67.285.640 acções do banco, correspondentes a 1,86% do capital social e dos direitos de voto.

No segundo, o BCP informa que o UBS alienou 710.691 acções no passado dia 21 de Abril de 2006 e que, na sequência disto, o UBS passou a deter directamente 71.861.151 acções representativas de 1,99% do capital social e direitos de voto do BCP.

«Ainda de acordo com a referida comunicação, são igualmente imputáveis à UBS AG,

626.516 acções BCP detidas através de subsidiárias, pelo que detém, agregadamente, de

forma directa e indirecta, 72.487.667 acções, correspondentes a 2,01% do capital social

e direitos de voto do Banco Comercial Português», sublinha a mesma fonte.

As acções do BCP [bcp] fecharam inalteradas nos 2,42 euros.

Outras Notícias