Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

UBS termina trimestre com prejuízos acima do esperado

O UBS registou prejuízos pelo quarto trimestre consecutivo penalizado pelas amortizações de activos e pelo custo da aplicação de um processo judicial nos EUA. O maior banco suíço terminou o segundo trimestre do ano com um resultado líquido negativo de 358 milhões de francos suíços (221 milhões de euros).

Raquel Godinho rgodinho@negocios.pt 12 de Agosto de 2008 às 07:53
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O UBS registou prejuízos pelo quarto trimestre consecutivo penalizado pelas amortizações de activos e pelo custo relacionados com um processo judicial nos EUA. O maior banco suíço terminou o segundo trimestre do ano com um resultado líquido negativo de 358 milhões de francos suíços (221 milhões de euros).

Este resultado compara com os lucros de 5,55 mil milhões de francos suíços (3,43 mil milhões de euros) obtidos um ano antes. Os prejuízos obtidos nos últimos três meses superam a média das estimativas dos analistas contactados pela agência Bloomberg que apontavam para prejuízos de 281 milhões de francos suíços (173,5 milhões de euros).

O banco anunciou também hoje em comunicado, citado pela agência de notícias norte-americana, que as perdas foram atenuadas por cerca de 3,8 mil milhões de francos suíços (2,35 mil milhões de euros) em incentivos fiscais.

O presidente executivo do banco, Marcel Rohner, está sob pressão para reduzir a banca de investimento que não tem sido rentável e limitar os prejuízos para o negócio do UBS.

De acordo com a agência Reuters, o UBS anunciou que vai separar os seus negócios em três unidades autónomas, depois de ter identificado as fraquezas na estratégia integrada.

O banco tem sido uma das instituições mais castigadas pela crise do mercado de crédito de alto-risco que o forçou a amortizar milhões de dólares no valor dos seus investimentos. O UBS é, até ao momento, o segundo banco com as perdas mais avultadas, desde o início da crise, após o Citigroup.

Segundo os cálculos da agência Bloomberg, o banco de investimento registou uma perda de 5,23 mil milhões de francos suíços (3,23 mil milhões de euros)depois de cerca de 5,1 mil milhões de dólares (3,4 mil milhões de euros).

Recorde-se que o banco está sob investigação nos Estados Unidos relativamente a suspeitas de que ajudou clientes na evasão fiscal.

Ver comentários
Outras Notícias