Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ulrich: "O BPI cumprirá o que é determinado pelo supervisor europeu. O BFA segue o seu caminho"

Fernando Ulrich não esclareceu o que o BPI vai fazer com a participação que tem no Banco de Fomento de Angola (BFA), tendo apenas dito que ia cumprir com as regras europeias.

A carregar o vídeo ...
Maria João Gago mjgago@negocios.pt 29 de Janeiro de 2015 às 18:34
  • Partilhar artigo
  • ...

"O BPI cumprirá  o que é determinado pelo supervisor europeu. O BFA segue o seu caminho", limitou-se a dizer Fernando Ulrich sobre a necessidade de o BPI reduzir a exposição a Angola por causa das novas regras europeias.

 

Ulrich recusou dizer se o BFA seguirá o seu caminho sem o BPI. "O BPI tem de cumprir e cumprirá a regulação europeia", adiantou.

 

O banqueiro explicou que "o BPI tem de se adaptar e tem várias formas de o fazer". Ulrich disse que o banco está a negociar com o BCE o plano de medidas e o calendário de execução para fazer face às novas regras que penalizam a exposição a Angola.

 

"É uma questão muito importante até pelo valor e pelo peso que tem o BFA para nós e para Angola. Não estou a procurar esconder. Mas a compatibilização dos interesses em jogo, para ser bem feito e para que todos os interesses possam ser salvaguardados, é uma tarefa muito exigente" afirmou Ulrich sobre as exigências do BCE ao BPI por causa de Angola.

 

Ver comentários
Saber mais BPI BFA Fernando Ulrich Angola BCE banca
Outras Notícias